sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Jupiter 『THE HISTORY OF GENESIS』

こんばんわ!~

Como prometido, aqui estou!

Minha intenção era fazer um super post escrevendo tudo o que eu planejava postar... Mas só essa postagem já ficou parecendo um monstro de tão grande... UIAHUAUIAUIAH Este foi o motivo da minha demora...
Então, vou simplesmente dividir em partes e postar uma parte por dia!

O primeiro é sobre Jupiter! Um comentário tentando ser breve sobre o novo álbum 『THE HISTORY OF GENESIS』 lançado dia 07 de Janeiro desse ano.


Eu queria ter postado sobre antes, mas não consegui... Precisei de tempo para ouvir este álbum lindo e assimilar tudinho que ele tinha para me oferecer! Tive uma bela surpresa enquanto ouvia, e ela será contada mais para frente aqui nesta postagem~


Primeiro de tudo, comentarei sobre o visual da banda!

(Clique na imagem para ampliá-la)

Eu gostei bastante de todos. Apesar de partir para um visual kei mais comum e menos clássico menos o HIZAKI q, ficou interessante... A roupa do TERU foi a que mais me chamou a atenção (NÃO?! SÉRIO TERUKA?! -q)

Começaremos pelo vesgo HIZAKI. O vestido dele como sempre espalhafatoso, vermelho e dourado~~  É o que a gente se acostumou a ver. Mas uma coisa me incomodou nisso tudo... E foi o fato de apenas ele estar usando uma roupa com cor e ainda ficar no meio de todos. O lugar do meio nas fotos pertence ao vocalista. Nem no HIZAKI grace project ele tirava as fotos no meio! Eu sinto que o HIZAKI está achando que a banda pertence a ele e só ele... Isso me deixa meio... Bom, não sei... Mais pra frente comento um pouco mais sobre essa sensação.

ZIN. Ficou uma graça sem sobretudo e com uma echarpe no pescoço *-*  O fato dele optar pelas luvas eu imagino que seja por conta do inverno no Japão~

Agora, MASASHI! Ele é sempre uma coisa linda de Deus UHAUAHUIAHUIA Não preciso de comentários adicionais porque a beleza dele fala por si só q

Achei o YUKI muito bonito, nos visuais anteriores ele não chamou muita atenção e até ficou meio feinho ;; Eu o acho muito bonito, pessoalmente ainda mais... E acho que esse tipo de roupa e cabelo valorizam a beleza que ele tem!

Agora por último deixei o TERU!~ Gostei do fato dele usar uma calça e cobrir a barriga com essa roupa. Ele passou muitos anos da vida dele "mostrando a parte interior das coxas" como ele mesmo diz, e isso o incomodava um pouco. Ele fez um zíper estratégico para mostrar uma pequena parte das pernas, e eu achei super charmoso ♥  O complicado deve ser andar com essa boca de sino, que ele comentou ter 2m de tecido na largura mais ou menos -q

Adorei a roupa, é simples de costurar e os tecidos não são muito difíceis de encontrar por aí. Pensei seriamente em cosplayar depois que saíram mais fotos e eu vi o álbum em mãos... Mas também não pude deixar de notar uma coisa:

Ignorem que é a foto de ano novo do TERU, foi a melhorzinha que eu encontrei pelas internetes da vida -q

A roupa possui muitos spikes... Tipo, MUITOS... Principalmente na parte dos ombros e nas pences. Eu acho bonito, e dá certo pra quem tem uma máquina de colocar spikes... Porque, pra colocar isso tudo a mão, além de demorar anos, eu ia acabar com as minhas mãos! Quando fiz o Classical Element, fiquei com os dedos calejados por meses, chegaram até a sangrar UIHAUIAHUAIHAI Então prefiro passar essa e deixar pra fazer algum outro visual 8D



Agora deixando a parte estética de lado, vamos ao que as pessoas mais gostam de ler e discutir comigo, as músicas!

Mesmo as que forem repetidas, darei meu parecer sobre elas porque sim -q


1. The Birth of Venus
Letra & Música: HIZAKI

Esta é a música que ganhou o PV do álbum (não que ARCADIA e LAST MOMENT não tenham PV, mas vocês entenderam q), e quem quiser conferir pode assistir o vídeo aqui:

Incorporado do YouTube

Não posso dizer menos do que "Adorei!"~  Essa música é muito linda... A primeira vez que a escutei foi depois do live do Jupiter no stylish wave COUNTDOWN 14~15, eles reproduziram o PV e eu assisti/ouvi sem deixar de prestar atenção em um segundo sequer. Foi o melhor presente de ano novo que podia ter recebido, de verdade
ZIN anda dominando vários jeitos de cantar diferentes, ele tem uma extensão vocal boa, e consegue cantar mais terno ou mais agressivo conforme a música pede *-*
Os solos também me deixaram feliz... O primeiro, do HIZAKI é muito interessante e bem característico. Fazia um certo tempo que os solos dele não se pareciam um pouco com os do Versailles, então eu até curti~ O do TERU também foi legal, mas eu sinceramente esperava por mais UAHUIAHUAIA Ele tocou tão pouquinho e alternando entre harmônico e solo ;3; Mas não tem problema!
Outro ponto super positivo dessa música foi a letra dela... É tão incentivadora... Jupiter consegue me deixar melhor só com as frases que eu consigo entender das letras deles. Gostam de falar de um futuro bonito... É o tipo de mensagem que eu realmente preciso ultimamente!
Outra coisa que me chamou a atenção foi no título que o HIZAKI escolheu para a música.
O Nascimento de Vênus é um dos quadros mais importantes do Renascimento, pintado pelo Botticceli. Além de representar um novo nascimento para a humanidade com este conceito completamente diferente do anterior (< 1.400 d.C.) conta a história da mitologia grega, onde a linda e poderosa Vênus emerge das águas a nasce a partir de uma concha, trazendo amor e paixão para o mundo. Eu acredito que o HIZAKI se baseou não apenas na mitologia como também na pintura, pensando sobre o amor espiritual que as pessoas necessitam ter hoje em dia, mas o mundo carece absurdamente disso... :/ HIZAKI é bom em mesclar o clássico com o atual, transformando o conceito da perfeição cada dia mais para mim. Esse aspecto me deixou ainda mais atraída pela música, e portanto declaro(?) que esta é a minha música favorita do álbum, de longe é a melhor.


2. LAST MOMENT
Letra & Música: HIZAKI

Imagino que já tenha comentado sobre, mas falarei de novo de uma forma bem breve... LAST MOMENT já virou um clássico do Jupiter na minha opinião. Ela faz parte da história da banda, e eu gosto muito tanto de ouvir ela quanto de assistir o PV quando não tenho nada para fazer -q
Ela tem peso e ao mesmo tempo consegue penetrar leve nos ouvidos, o ZIN canta manso quando quer, e eu gosto da vozinha calma dele *-*
Além disso, as guitarras são especiais, os solos, as viradas, as harmonias me atraíram desde a primeira vez que ouvi!


3. Darkness
Letra: ZIN / Música: HIZAKI

Bom, eu devo admitir que meu conceito sobre algumas músicas do Jupiter foram alterando durante as vezes que as ouvi... Mas Darkness não tem como se alterar -_-  Ela é MUITO ruim. Eu ainda não consigo entender o que quiseram fazer com ela... Não entendo o começo, nem o meio, nem o fim. Não entendo os violinos, nem os strings, nem mesmo o ZIN parindo uma ninhada de gatinhos... Sério -.-  Se alguém conseguir entender o que eles quiseram representar com essa música ficaria muito feliz que me contasse, obrigada -q


4. B.L.A.S.T
Letra: HIZAKI / Música: TERU

Hum, tá aí uma música difícil de se definir. Ela está com um conceito Visual Kei muito forte. É agitada, e tem aquela pegada que só os japoneses conseguem dar as músicas. As guitarras são simples na maior parte da música, o ZIN não precisa se desgastar muito pra cantar ela, nem mesmo nos guturais... Fora que o refrão fica na minha cabeça 24h por dia UHAUAHU
Eu gostei. Não é aquela música que eu escuto e digo "MEU DEUS DO CÉU, QUE MÚSICA!", mas ela é boa. O solo do TERU é diferente, e eu aprecio muito as tentativas dele de fazer algo incomum, sair da zona de conforto e tal, igual quando ele compôs Edge of the World. Por um momento pensei que ele tivesse colocado uma alavanca na guitarra dele, mas a Gekki tem ponte fixa o3õ  Será que ele entortou o corpinho da pobrezinha? õ3õ Este é um mistério que eu só entenderei quando os ver tocar ela ao vivo UHAAHUAHUA
Ah! E os efeitos sonoros durante a música (principalmente no solo) toda são engraçadinhos~ *3*


5. THE MOON
Letra & Música: HIZAKI

Ahh~ THE MOON... Essa música é SUPER mística na minha opinião. Ela tem um balanço que quando fecho os olhos me sinto perto do mar... Não sei explicar, mas é uma sensação gostosa. Os strings fazem questão de demonstrar brilho, cristais... Me lembra alguns recursos usados em músicas dos anos 80, e sabe, eu creio que devia ter nascido naquela época -q Não é o tipo de música que eu gosto, afinal essas mais baladas não fazem minha cabeça... Mas com THE MOON é diferente...
Os falsetes do ZIN são uma gracinha, não são tão bem executados quanto os guturais das outras músicas, mas eu achei tão cute
A mistura de piano com guitarra do solo deu um toque levemente cabaresco para essa parte da música, e apesar de quebrar um pouco o clima de toda a música ficou legal~


6. 氷の中の少女 (Koori no Naka no Shoujo)
Letra & Música: HIZAKI

Acho que não comentei sobre essa música no blog, mas sobre ela também serei breve. Não sei porque razão, mas a "alegria" da música me lembra um pouco uma abertura de anime UHAUIAHIUHUIA A música em si é boa, meio clichê mas não é um clichê estuprado pela mídia -q
É agitadinha, as guitarras combinam com o baixo e a bateria fazendo algumas viradinhas que só os quatro ex-Versailles conseguem fazer e ficar tão legal de se ouvir *-*
Até mesmo o solo é clichê UAHUAHAIHAUIH  Consegui prever as notas só por entender o jeito que o HIZAKI compõe -q
Mas assim, num geral, é boa.


7. Church Candle
Música: HIZAKI

HIZAKI estava mastigando um pouco do Schwardix Marvally, depois colocou um pouco do Curse of Virgo na boca e cuspiu Church Candle -qn
Mas sério, é uma música muito parecida com os projetos que ele fazia antes do Versailles. Isso tudo... É tão HIZAKI. Lembra quando eu o conheci, ele era tão virtuoso na minha opinião... Hum, e de fato, ele não é ruim, mas só de pensar como as coisas eram mal gravadas naquela época me pergunto como enxergava tanta magia nas músicas dele UHAUAHUIAHA
Voltando a música, ela assim como as outras novas no álbum são muito místicas. Transmitem muito amor na sua forma pura e me fazem enxergar as coisas com olhos diferentes, e consigo parar de ser negativa enquanto escuto os dedinhos do HIZAKI dedilharem essa música *3*
Percebo como ele cresceu musicalmente e fico contente, queria muito poder estar no Japão para assistir os shows do Jupiter e voltar correndo para casa a fim de treinar umas 10h de guitarra seguidas *-* -q
Por mais que o TERU seja uma inspiração para mim, músicas solo só cabem ao HIZAKI~
Mas bem que eu queria ver o TERU quebrar esse meu conceito um dia


8. Red Carnation
Letra: HIZAKI / Música: ZIN

Escutei uma, duas, três, quatro vezes seguidas... Precisei de muitos replays nessa música o3o  Não porque não a entendia, mas porque viciei mesmo UAHIAHUAIHUAIHAI
Ela é tão dramática. Quando fecho os olhos enquanto a escuto consigo imaginar um palco de um teatro velho, o ZIN e uma bela dama interpretando um clássico ao estilo Romeu e Julieta, enquanto o resto da banda toca ao fundo, e depois a mulher morre e todo mundo chora e *OOOOO*  /viagemtotalaquiq
Fiquei super orgulhosa do ZIN ter composto essa música... Foi completamente inesperado... Não que não confie na capacidade dele, mas é tão boa... ;O;  ~  q
A voz feminina é forte, não é aquelas chatinhas de ouvir. Parece muito com a voz da Miki(?), vocalista do Roman so Words, mas não tenho muita certeza de ser ela não. Ela faz parte de outras bandas, mas não me lembro o nome agora UAHUAHIAUHU
O solo também segue a linha dramática, é bem curtinho mas curti assim, porque dá mais ênfase ao resto da música que na minha opinião é incrível *-*
O dueto ficou perfeito, o ZIN é o homem com voz bichinha e a garotinha com voz forte UAHUAIHA
Victoria・・・ 愛してる・・・ あなたの傍へ・・・~~ *Teruksorgasmandoq*
O último comentário que tenho a dizer é:
Ainda não acredito que o ZIN compôs essa... *Apanha*


9. 絶望ラビリンス (Zetsubou Labyrinth)
Letra & Música: HIZAKI

Realmente é uma música bem composta, e tem um solo gigantesco UAHUAHAUHAUI O vocal não me agradou muito, o YUKI batendo muito na caixa me deixou zonza nos versos UAHUIAHUAIHAU
O refrão me lembra uma música típica de metal japonesa, eu adoro muito esse ritmo e sei lá *¬* q
Vamos ao que interessa nessa música, os solos UIAHUAIHIAU
Eles parecem que foram trocados... Na verdade o estranho foi ver o TERU tentando tocar nesse jeito meio "egípcio" que é mais comum para o HIZAKI... Ficou engraçado UIAHUIAHAIU Não ficou ruim. A música é agitada e eu consigo imaginar os dois guitarristas costa a costa no palco tocando isso enquanto o público delira de emoção *-* AUHAIAH



10. Shining
Letra: HIZAKI / Música: TERU

Novamente, não é uma música que faz meu estilo. Eu gosto de METAL!!! -q   Mas Shining tem um jeitinho meigo, uma letra animada... E claro, a melodia já te encoraja a levantar e seguir em frente com um sorriso no rosto
Falando em sorriso, consigo imaginar o TERU tocando essa música, andando de um lado ao outro do palco todo serelepe como se fosse uma criancinha, esbanjando um lindo e sincero sorriso enquanto encoraja os fãs a sorrirem também ♥♥
Essa música tem um brilho próprio. O nome dela é bem sugestivo.
Raciocinem comigo: A música é do TERU.
"Teru" em tradução literal significa "brilhar/brilhante/brilho". Esta música representa o brilho natural que ele tem, ele é o brilho da música. Ele é a música. E essa é a única coisa que eu tenho certeza nesse mundo... Ele é meu brilhinho fofo do alto do céu, sempre foi e sempre vai ser *3* /gay
O solo é fofo, bem simplesinho, mas tão carregado de felicidade e esperança... Mal posso esperar para ouvi-la ao vivo e poder desfrutar de um sentimento bom *-*


11. ARCADIA
Letra & Música: HIZAKI

Uma das músicas mais pesadas do Jupiter... É um peso completamente suportável, e que me deixa animada ao em vez de me deixar surda -q
Resumindo, essa música tem um equilíbrio perfeito de harmonia e peso que as outras músicas da banda ainda não conseguiram "imitar". Eu acho que a banda está precisando de mais sons assim, são os que eu mais gosto de ouvir no replay *-* *Apanha*
Como já comentei muito sobre essa música, só isso já basta -q


12. Luminous
Letra & Música: HIZAKI

A primeira coisa que preciso comentar sobre essa música é: Que introdução bizarra é essa que colocaram na versão do álbum?? qqq
Bom, não importa... Eu gosto dessa música, mas para ser sincera é bem pouco. Não escuto ela inteira na maioria das vezes -q
Ela é mole e me deixa com sono, tem um solinho legal, mas ainda sim me entedio esperando por ele ;; *morre*
Apesar de ser o estilo de música favorito dos fãs de Jupiter, eu acho que a banda devia focar mais na parte METAL!!! e menos em baladinhas *Fãchatapracaralho* -q


13. The History of Genesis
Letra & Música: HIZAKI

A música que leva o nome do álbum. Ela me lembra um pouco History of other side e Classical Element... É daquelas bem compridinhas que eu escuto quase nunca, mas quando ouço sinto uma nostalgia interessante!
Essa música é carregada de teclados, assim como outras que eu não comentei... E foi algo que me deixou confusa. Esse tipo de teclado não devia ser tocado por um tecladista? Parece muito aquele conceito de banda que tem um guitarrista só para ter um tecladista -q Gostei, só achei diferente HUIHAUIAHU
HIZAKI compõe várias músicas que tem climas alterados conforme a música passa, isso é muita influência de metal prog hen? UHUIAHIAHAU  Nada contra os fusquinhas, acho ótimo, é bom ter sempre uma música dessas no final do álbum para mantê-lo equilibradinho e fechar com chave de ouro ne? *-*


14. SACRED ALTAR (Versão regular do álbum)
Letra: ZIN / Música: HIZAKI

Quando Jupiter tocava essa música só nos lives eu tinha uma visão completamente diferente dela... Eu estava doida para ouvir antes que ela saísse naquele single... Confesso que pelo fato de ter criado uma expectativa tão grande eu me decepcionei profundamente da primeira vez que ouvi.
Eu ainda não acho essa música a oitava maravilha do mundo, mas fui aprendendo a gostar um pouquinho mais dela a cada vez que escuto... Mas passei a acha-la bem suportável. A introdução dela é muito boa... Jupiter encontrou uma moça que tem uma voz bonita para falar e cochichar finalmente UAHUIAHUAIHUA Acho uma graça quando ela fala "foolish humans, aahh~~" e não sei porque UAUHAHUAHAU
Além disso, outra coisa que me deixou muito surpresa foram os guturais do ZIN... Eu que não sou fã de gutural japonês... Achei que ele está melhorando muito a cada nova música! *-*
O ZIN parece tentar adquirir uma particularidade no rasgado da voz dele parecido com o do Chester do Linkin Park e eu notei isso intensamente nessa música (principalmente no gutural de 03:33)... É um arranhado com drive. Eu acho super maneiro de verdade, e espero que ele consiga desenvolver uma técnica boa e que não prejudique a gargantinha de ouro dele ;~;
E para não terminar tudo com purpurinas, deixo uma cruel realidade a vocês: A letra de SACRED ALTAR é toda em inglês, menos no refrão -qqqq Pois é q




Há pouco menos de uma semana atrás estava caminhando de volta para casa após uma tarde muito chuvosa... Coloquei o álbum para tocar na playlist do meu celular e fui andando com calma... Sabe quando o dia parece estar passando em câmera lenta? Pois bem. Fui escutando música por música enquanto a brisa geladinha batia no meu rosto, e era bom... Estão se perguntando o que isso tem a ver com a postagem, ne? Não tem muito, mas digo que algo muito bom aconteceu enquanto caminhava e escutava Jupiter.


Um belo arco-íris despontou no céu, formando uma meia circunferência bem diante dos meus olhos! Isso foi bonito, e eu precisei registrar. Enquanto andava, pensava "Essa meia circunferência me lembra a circunferência de Jupiter..." afinal, este formato é um dos que mais representam a banda.

Jupiter Official Page

Talvez esse arco-íris apareceu aí para me indicar alguma coisa. Foi com ele que consegui andar calma, prestando atenção em cada música, e fui formando meu conceito sobre o álbum. Então, por este motivo agradeço demais por ter cruzado com esse belo arco-íris no caminho de volta para casa

Enfim, deixando de viajar da cabeça... UAHUAHIAUH A minha impressão sobre o álbum completo é de que ele foi muito bem planejado. Jupiter tem um forte em álbuns, assim como toda boa banda de metal ocidental. Single é uma mania japonesa de lançar tudo picadinho UAHAUIHAIUHA
Cada música acaba se interligando com a outra, e a atmosfera de todas juntas se tornaram místicas! Resumindo, eu gostei muito!~

A única coisa que eu notei e não gostei já disse ali em cima e vou dizer de novo... Gostaria de poder ouvir mais músicas de outros membros da banda, e o HIZAKI não parece estar dando tanto espaço para isso. Coloquei quem escreveu letra e compôs música embaixo para que isso não me deixasse mentir. Antigamente no Versailles, até mesmo o TERU compunha mais... Masashi teve suas músicas e eu gostei muito delas... Mas parece que o HIZAKI está ditando o futuro do Jupiter. A banda é composta por cinco membros. Inicialmente foi um projeto fundado por TERU e HIZAKI. TERU e MASASHI quem indicaram ZIN para ser vocalista da banda... Então, por que só o HIZAKI anda tendo vez? Isso está me deixando pensativa, sabe? As vezes sinto vontade de perguntar diretamente a ele o porque disso... Mas como meu japonês é péssimo e eu sei que ele não me responderia, fico na minha... Mas HIZAKI, eu te amo e você sabe disso, porém você não está sendo um bom produtor musical :/

Escrevi MUITO, eu imagino que ninguém vá ler UAHUIAHUU Mas bem, isso é o meu conceito sobre o álbum lançado dia 07/01/2015 do Jupiter, THE HISTORY OF GENESIS.
Qualquer concordância ou discordância, estou aqui para ler e responder prontamente


ではでは!(。・_・。)>



LISTENING NOW: Jupiter -The History of Genesis (Full album)

2 comentários: